top of page

Ode ao mar

as conchas que sussurram seu nome

me convidam a entrar

uma única arfada do seu perfume oleoso

é suficiente para serenar a alma

sua lambida fria arrepia e cura

o ritmo é seu, é meu

os dois conectados, cerimoniosos

em um rito de limpeza e reconexão

minhas lágrimas tão salgadas quanto você

minhas risadas tão alegres quanto seu som

todos os sentidos preenchidos

finalmente me recordo de quem sou

e só você consegue fazer isso

















parte da obra Vínculo (2023)

6 visualizações0 comentário
bottom of page